A comunicação de mão única acabou!

por José Telmo

A comunicação de mão única acabou!Todos nós temos uma história de experiência ruim de relacionamento com as marcas. Contatos infindáveis, burocracia, lentidão…

Marcas precisam ser acessíveis, estar disponíveis 24h por dia, 7 dias por semana e permitir uma conversa em dois sentidos. Saber ouvir e também falar é o diferencial no atual mercado.

Hoje, com os consumidores mais sociais e presentes nas redes, eles demandam que as marcas também o sejam. Tony Hsieh, CEO da Zappos, uma referência em atendimento, sempre incentivou que seus atendentes investissem mais tempo com seus clientes. A noção de que tempo é dinheiro e que um atendimento deve ser o mais breve possível, pode lhe render problemas e não dinheiro.

Aqui estão 5 maneiras acessibilidade para sua organização alinhar-se com o cliente social de hoje:

1. Conquiste a Confiança
A confiança leva tempo para construir com os clientes, porque está relacionado a defensores da marca, evangelistas e a experiência deles com a sua marca. A primeira fase do seu plano social deve apontar para a construção de uma estratégia de engajamento focado em confiança. Pense nisso como o depósito direto na sua conta bancária social.

2. Co-criação da aventura
As pessoas querem fazer parte sempre, não apenas um momento único. É a aventura que o cliente gosta de ser parte, para co-criar uma história de aventura na vida social que é ótima para ambos estimulando um diálogo fascinante e um grande conteúdo, as duas necessidades sociais mais importantes.

3. Nada melhor que um fã empolgado!
Criação de um espaço social acessível para celebrar e agradecer as pessoas que se envolvem ativamente com você e sua marca no dia a dia é importante não só para você, mas para eles também!

4. Responder ou Morrer
A resposta é um reconhecimento de que você está ouvindo e se importa o suficiente para fechar o laço na conversa. Não existem um sentimento mais frustrante do que ser ignorado, especialmente em um local público, como as mídias sociais.

5. Participar da Economia do Compartilhamento
É o momento certo para colocar-se lá fora, onde é totalmente aceitável socialmente partilhar ideias, pensamentos e opiniões com muitos usuários. Esta nova era nos permite colaborar de forma mais eficiente e uma audição amplificada para aprender, modificar e tenter novamente. Dependendo do canal social, a informação compartilhada pode ser um construtor de conexões poderoso que pode levar a novos negócios e novas amizades inesperadas.

Esteja acessível, responda prontamente, seja transparente e não omita detalhes. Reconheça quando estiver errado e parabenize uma boa ideia.

Fonte: Social Media Today

Deixe um comentário

Previous post:

Next post: