Como usar, com sucesso, hashtags em eventos

por José Telmo

LaptopsSurroundingBlueHashtagEntre os muitos usos para hashtags no Facebook, eles ajudam bastante em eventos. Verifique se a hashtag está relacionada ao seu evento e será fácil de lembrar e de escrever quando alguém a falar.

É importante escolher uma hashtag que atualmente não está sendo usada ou que podem ter muitas audiências diferentes. Escolhendo a hashtag #tech para uma conferência chamada ‘Tech Startup Conference 2013’ pode (e vai) resultadar em mais de 20 tweets irrelevantes por minuto. Em vez disso, use #TSC13 pois permitirá que o fluxo de tweets seja altamente segmentados com uma baixíssima possibilidade de receber tweets off-topic.

Hashtags concisos não apenas são mais fáceis de lembrar, mas os participantes do evento terão mais caracteres para usar no Twitter (embora não haja nenhum limite no Facebook). Se seu evento se chama “Social Media Marketing 2013”, por exemplo, use #SMM13.

Nem tudo vai ficar em como hashtag (neste caso: a festa do álbum de Susan Boyle — #susanalbumparty). Também é uma boa prática para certificar-se de que a hashtag # não coincide com uma palavra em outro idioma, o que pode resultar fluxos de hashtags colidindo nas redes.

Agora que você tem a sua hashtag, certifique-se de que as pessoas usem.

Sua hashtag não significará nada se ninguém o usar. Promova a hashtag, coloque-a visível em todos os lugares — no site do evento, impressos, cartões, propagandas, e-mail marketing, redes sociais, boletins informativos e todos os outros canais utilizados para alcançar os participantes.

A hashtag não é apenas uma maneira de gerar envolvimento com o evento, mas para estimular envilvimento com os outros. Você será capaz de monitorar as conversas e obter bom feedback, mas possivelmente, até mesmo o endereço de alguns dos principais tópicos e questões discutidas on-line no próprio conteúdo das conferências.

Hashtags são ainda uma ferramenta nova, então não tenha medo de experimentar. Você pode oferecer descontos, criar concursos ou transmitir fluxos de curadoria. Seja criativo!

Fonte: AllFacebook

Deixe um comentário

Previous post:

Next post: